Sexta-feira, 16 de Junho de 2017

A moedinha

A mãe havia-lhe dado uma moeda de 50 cêntimos. E entrou com o miúdo na farmácia. Enquanto ela fazia o pedido, a criança dirigiu-se à máquina de pesar e, sem que a genitora desse conta, meteu a moeda. O aparelho fez a função dele e cuspiu um papel, e o petiz ficou sem a moeda. Ao ouvir o barulho do equipamento, a educadora olhou e exclamou:

- Ó filho, gastaste a moedinha? E agora? Não vai devolver.

O garoto foi ao botão de devolver a meda e carregou. Não saía nada. Então, num ato de inteligência ingénua, pôs o papel de novo no orifício de onde este havia saído e foi subindo, subindo, na esperança de que o engenho sugasse o papelito e devolvesse a moedinha.

Não surtiu efeito e o puto ficou desiludido. Mas logo a mãe o chamou para irem embora e lá foi ele resignado, pronto para outra aventura.


publicado por Cris às 23:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 4 de Junho de 2017

Gosto ou Necessidade?

Não adianta nada dizer que no meio é que está a virtude. Gosta-se mesmo é dos extremos, da iminência do abismo...


publicado por Cris às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito (1)
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 7 seguidores

.a ler

.livros à venda

https://olx.pt/ads/user/DolO/

.pesquisar

 

.posts recentes

. A moedinha

. Gosto ou Necessidade?

. O perigo dos diminutivos ...

. Os odiosos

. Naufrágio

. Pecados de...

. E agora 2017?

. Mas qual é a deles? #1

. Visitando os monumentos d...

. «Labirinto Ou Não Foi Nad...

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

.tags

. todas as tags